terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Walmart lança maquiagem anti-envelhecimento para crianças


De olho em um mercado de US$ 2 bilhões, a Walmart lança em fevereiro a linha de cosméticos geoGirl, direcionada para crianças entre 8 e 12 anos. Blush, rimel, batom, cremes em geral. Enfim, tudo o que uma criança de oito anos precisa para estar alinhada às tendências da indústria da beleza.

A Walmart não deixou faltar nem mesmo os esfoliantes e as substâncias anti-envelhecimento, que farão parte da linha.  Afinal, uma mãe que se preza não pode deixar sua criança de oito anos ir à escola ou ao parque com o rosto todo manchado por camadas de pele envelhecida.

Nos países em desenvolvimento, as vendas tendem a ser promissoras. No Brasil, por exemplo, as leis que impedem a prática de publicidade feita por crianças ou direcionada às crianças não “pegaram”.

Como a Walmart é a maior rede de varejo do mundo, com ampla capilaridade, em breve todas as crianças do planeta poderão comprar o seu estojinho de esfoliantes e produtos anti-envelhecimento. “GeoGirl is about teaching this generation about beauty care in a responsible way. This [line] is a great learning experience for us to determine how to communicate with this generation,"  ensina Carmem Bauza, vice-presidente de marketing e vendas da WalMart.

Joel Carden, vice-presidente da Pacific World, a empresa que desenvolveu a linha, alerta os pequenos para que não confundam essa maquiagem com as antigas e ingênuas brincadeiras de casinha, aquelas que faziam parte do universo das crianças de oito anos, com maquiagem de mentirinha. Agora a coisa é pra valer: “the line is designed for young children who want to use 'real cosmetics, but with natural ingredients”.

Apesar de ter lido essas informações em diversos sites internacionais, pensei que tudo não passavam de uma daquelas famosas lendas da Internet. Afinal, quem em sã consciência iria produzir uma linha de cosméticos para uma criança de oito anos, com esfoliantes e produtos anti-envelhecimento?


___________________________________________________



Por Marques Casara

Liguei para a Walmart no Brasil.

A empresa confirma o lançamento do produto. “Mas ainda não temos detalhes, estamos desde cedo procurando informações para um release”, disse a assessora de comunicação da Walmart em São Paulo.

Como não poderia dar mais detalhes, a assessora pediu que eu enviasse algumas perguntas por e-mail, que seriam respondidas, talvez, no mesmo dia.
Enviei as seguintes perguntas a Walmart:

1. Qual é o objetivo da empresa ao lançar a linha de cosméticos geoGirl, direcionada para crianças de 8 a 12 anos?
2. A linha contém substâncias esfoliantes e anti-envelhecimento. Por quê?
3. A campanha publicitária do produto será direcionada às crianças ou aos pais? Qual será a linha mestra da campanha publicitária?
4. Essa linha de produtos está de acordo com as diretrizes de responsabilidade social empresarial adotadas pela Wal-Mart? Por quê?


Fontes: Criança e ConsumoDaily Mail, Fashionista, QVCHouston ChronicleGirl.comThe Week


Por Marques Casara
Blog Contradições tropicais no país do futuro

2 comentários:

Tulio Malaspina disse...

Parabéns pelo post e pela atitude de entrar em contato com a empresa para buscar explicações.
É um absurdo a marca tratar apenas dos danos físicos e deixar de lado as questões psicológicas e sociais. Será que os danos mais subjetivos pode ser considerados menos importante?

Filosomídia disse...

Preazado Túlio, obrigado por suas considerações. na verdade, reproduzi a notícia do blog

http://marquescasara.blogspot.com/2011/02/walmart-lanca-maquiagem-anti.html#comments

para o qual redirecionei seu comentário, ok?

Um abraço